Mural de Recados Fechar [X]

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 
NO AR


A Rádio

A ausência de um veículo de comunicação à altura das expectativas de entretenimento e informação da população pedrabranquense, motivaram o empresário, Antônio Góis Filho a estruturar e inaugurar, no dia 18 de outubro de 2003, a Rede Fortal de Comunicação, denominação oficial da Rádio AM Trapiá. 
Os transmissores da AM Trapia estão instalados no sítio Cajazeiras, a 3 km dos estúdios da emissora, que por sua vez foram montados em edificação apropriada, situada na Rua Augusto Vieira no. 32, Centro.
O prédio histórico, completamente adaptado às exigências da empresa de comunicação, foi identificado com o nome do farmacêutico, João Evangelista Esmeraldo, que na segunda metade do século passado prestou relevantes serviços à saúde pública municipal num período em que não dispúnhamos de um quadro de profissionais habilitados. A inauguração da AM Trapiá teve as bênçãos do Padre Enéas Mesquita. Uma grande comemoração com a presença de cinco bandas de forró, registrou também, em praça pública, o transcurso da data que alterou definitivamente os hábitos dos ouvintes locais e da própria região, agora condicionados a acompanhar a programação da Trapiá (nome do maior reservatório d’água do município e de um vegetal típico do ecossistema nordestino).
A inauguração da AM Trapiá teve as bênçãos do Padre Enéas Mesquita. Uma grande comemoração com a presença de cinco bandas de forró, registrou também, em praça pública, o transcurso da data que alterou definitivamente os hábitos dos ouvintes locais e da própria região, agora condicionados a acompanhar a programação da Trapiá (nome do maior reservatório d’água do município e de um vegetal típico do ecossistema nordestino).
O primeiro programa a ir ao ar pela Trapiá foi Alvorecer do Sertão, à época conduzido pelo comunicador, Edilton Ferreira, que a princípio - ainda na fase experimental de 30 dias - era responsável, apenas, pela verificação do desempenho, acionamento e desligamento dos transmissores. 
 Como já tinha experiência adquirida na condução de programas noutras empresas de menor porte (FMs Comunitárias), José Edilton Ferreira de Souza convenceu a direção de que seria capaz de conduzir o Alvorecer do Sertão. E assim aconteceu, pela primeira vez, no dia 20 de novembro de 2003, no intervalo das 5 da manhã às 7 horas.
 Depois de acumular a comunicação do Alvorecer do Sertão e o papel de Repórter Policial do Tribuna do Povo, Edilton passou a condição de apresentador do próprio Tribuna. Esta nova conquista ocorreu um ano após ter passado a colaborar na área de reportagem. Ao término de dois anos de fundação da emissora, assume a direção administrativa da Trapiá. A AM Trapiá tem como coordenador de programação, Lucas Mendes. Seu quadro de comunicadores é composto por oito profissionais e quatro repórteres que se revezam nas duas atividades. Sua programação é aberta às 5 horas, sendo encerrada às 22 horas.
Um registro curioso: nosso sinal foi ouvido por um finlandês e um norueguês. Ambos nos remeteram correspondência e CDs com as respectivas gravações dos trechos captados no horário noturno. Evidentemente que respondemos as duas cartas que nos servem de estímulo adicional para que continuemos a perseguir o aperfeiçoamento de nossos trabalhos. Hoje a AM TRAPIÁ trabalha na freqüencia de 1510 KHZ e é o principal veículo de cominicação do povo Pedrabranquense na Direção de Programação do Experiente e Conceituado Comunicador Edilton Ferreira.


Am Trapiá 1510Khz - Todos os direitos reservados Design by: Nael Melo. Programação By: Carlos Carvalho
Nossa Página no Twitter Nossa Página no Facebook Nossa Página no Youtube